Textos latinos‎ > ‎

Vita Sanctae Euphrosinae

Número

lt.011

Título

Vita S. Euphrosinae Virginis

Vita Sanctae Euphrosinae

Texto a que deu origem

Vida de Santa Eufrosina (pt.011)

Autor

Desconhecido

Língua

Latim (o texto original é grego).

Caracterização

Texto hagiográfico que narra a vida de Eufrosina de Alexandria no Mosteiro de Teodósio, onde se refugia disfarçada de homem para abraçar a vida monástica.


Data

Existem versões latinas do texto desde o século VIII d.C. e algumas podem ser encontradas em várias publicações: Patrologia Graeca de Migne (vol. 114, cols. 305-322), Acta Sanctorum (ver online o texto no site ‘Documenta Catholica Omnia’), Sanctorum Priscorum Patrum Vitae de Lippomani (VI, 25 set.) ou Vitae Sanctorum de Surius (Jan. I), como documenta Hill (1919).

Os dois testemunhos portugueses são do século XII – a tradução do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra – e do século XIV – a tradução do Mosteiro de Alcobaça.

Local

Os dois testemunhos existentes em Portugal são originários do Mosteiro de Alcobaça e do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra.

Contexto da redação do texto original

A primeira versão desta vida é grega. No século VIII, o texto terá sido vertido para Latim, surgindo, a partir daqui, traduções em várias línguas. Em Portugal, conhecemos duas traduções, uma do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra e outra do Mosteiro de Alcobaça.

Versões existentes e sua localização

Em Portugal, existem dois testemunhos, um na Biblioteca Nacional (Fundo Alcobacense – Alc. 1, entre os fólios 153-161) e outro na Biblioteca Pública Municipal do Porto (Fundo do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra: Santa Cruz 73, número geral 348, entre os fólios 172v-181). Este último testemunho encontra-se descrito no Catálogo dos Códices da Livraria de Mão do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra na Biblioteca Pública Municipal do Porto (páginas 312-315).

 

Estudos

Bases de dados online:

Arlima (versões francesas do texto): http://www.arlima.net/eh/euphrosine_sainte.html

 

Referências bibliográficas:

ANSELMO, António Joaquim (1926), Os códices alcobacenses da Biblioteca Nacional. II. Lisboa: Oficinas Gráficas da Biblioteca Nacional, 521.

MACHADO, A. M. (1993), "Vida de Santa Eufrosina". In Lanciani, Giulia e Tavani, Giuseppe (dir.), Dicionário da Literatura Medieval Galega e Portuguesa. Lisboa: Caminho, 671-672.

REISDÖRFER, Joseph (2006) Incipitvita Sante Eufrosine qui interpretatur in latino Castissima : édition critique de la vie de Sainte Euphrosyne. Thèse de doctorat. Paris: Université de Paris-Nanterre.

KIRSCH, J.P. (1909). St. Euphrosyne. In The Catholic Encyclopedia. New York: Robert Appleton Company. In http://www.newadvent.org/cathen/05606c.htm