Textos latinos‎ > ‎

De Beneficiis

Número

lt.002

Título

De Beneficiis

Texto a que deu origem

 Livro da Virtuosa Bemfeitoria (pt.002)

Autor

Lúcio Aneu Séneca (Lucius Annaeus Seneca)

(Córdova, entre 4 e 1 a.C. – Roma, 65 d.C.)

Língua

Latim

Caracterização

Tratado filosófico moral em sete livros escrito por Séneca onde o filósofo aborda a questão dos benefícios que se dão e recebem, discorrendo sobre a gratidão e a generosidade e as relações de poder existentes entre as pessoas.

Data

Sabe-se que a obra terá sido escrita no final da vida de Séneca, provavelmente depois de 54 d.C. e antes de 62 d.C.

Local

Desconhecido

Contexto da redação do texto original

Este tratado moral escrito por Séneca é dedicado a um certo Aebutius Liberalis, cuja generosidade é louvada pelo filósofo. A obra possui um fundo estóico e baseia-se em tratados anteriores, de outros filósofos, como Cleantes, Crisipo ou Hécaton.

Há várias datas possíveis para a sua elaboração. De facto, dada a inserção, no último capítulo do primeiro livro, de uma referência depreciativa ao Imperador Cláudio, pelo menos os quatro primeiros livros só devem ter aparecido depois da morte deste, no ano de 54 d.C.. Uma outra referência pouco simpática a Caninus Rebilus indicia que a obra talvez tenha sido escrita depois de 56 d.C. Um elogio a Crispus Passienus, segundo marido de Agripina, mãe de Nero, levanta a hipótese de a elaboração se ter dado depois de 59 d.C., ano da morte de Agripina, uma vez que esta terá estado envolvida no assassinato do marido. É possível que o quinto e sexto livros tenham sido escritos antes de 62 d.C. ou que a obra tenha sido acabada neste ano, dado que nas suas Epístolas (81.3), Séneca a refere. Esta data, contudo, é apenas hipotética, já que Séneca poderia ter escrito apenas alguns dos sete livros quando menciona a obra nas Epístolas. De facto, também existe a possibilidade de o último livro ter surgido mais perto de 65 d.C., ano da morte do filósofo (ver Préchac, 1972: i-xvi, xxvii-xxxiv, xl; Cooper/Procopé, 1995: 183-188; Zeyl, 1974: vi; Basore, 1989: vii-viii).

Versões existentes e sua localização

Há vários manuscritos com o tratado, uns em que ele aparece sozinho, outros em que é acompanhado do De Clementia.

Aparece juntamente com o De Clementia nos seguintes exemplares:

- Codex Nazarianus, dos séculos VIII ou IX d. C., da Coleção Palatina do Vaticano (nº 1547);

- Reginensis (Vaticano, nº 1529), do século IX ou X;

- Parisinus (nº 6382), do século XIII;

- Parisinus (nº 16592) ou Sorbonicus (nº 1586), do século XII ou XIII;

- Laurentianus (plut. LXXVI, 36), do século XII;

- Pinciani (utilizados por Fernando Nuñez, em Valladolid).

 

O texto aparece isolado nos seguintes testemunhos:

- Guelferbytanus (nº 4579), do século XIII;

- Monacensis (lat. 2544), do século XII ou XIII (engloba textos de outros autores);

- Vratislaviensis (IV, fol. 89-117), do século XIV, que engloba outras obras de Séneca;

- Basileensis, mencionado por Erasmo (VI.11.2).

 

Préchac (1967: xvii-xlii e 1972: xlii-lv) oferece uma descrição detalhada de alguns destes manuscritos. Ver também Basore, 1989: viii.

 

Estudos

Bases de dados online com texto latino:

Perseus - Latin Texts & Translations:

http://perseus.uchicago.edu/perseus-cgi/citequery3.pl?dbname=LatinAugust2012&query=Sen.%20Ben.&getid=0

The Stoic Legacy to the Renaissance: http://www.stoics.com/seneca_essays_book_3.html

 

Referências bibliográficas:

BASORE, John W. (trad.) (1989). Seneca III. Moral Essays. London: Harvard University Press

COOPER, John M. e PROCOPÉ, J. F. (1995), Seneca: Moral and Political Essays. Cambridge: Cambridge University Press.

PRÉCHAC, François (trad.) (1967). Sénèque De La Clémence. Paris: Les Belles Lettres.

PRÉCHAC, François (trad.) (1972). Sénèque – Des Bienfaits. Paris: Les Belles Lettres.

STEWART, Aubrey (trad.) (1887), L. Annaeus Seneca – On Benefits. Londres: G. Bell and Sons.

ZEYL, Jakob S. T. O. (1974). Seneca’s De Beneficiis Book one: a commentary on chapters one to ten. PhD Thesis. Hamilton/Ontario: McMaster University.